quarta-feira, 24 de maio de 2017

Assaltantes roubam Moto de casal na zona Rural de Monteiro

Mais uma motocicleta foi tomada por assalto na noite desta terça-feira (23), no sitio Mulungu, zona rural do município de Monteiro.
De acordo com informações, o assalto aconteceu por volta das 19hrs no sítio Mulungu, dois bandidos em uma motocicleta Honda CG vermelha, em posse de um revólver, renderam um casal que estava em uma motocicleta Honda Bros, cor vermelha/cinza, ano 2010, placa KGZ-6015. Os bandidos fugiram levam a motocicleta.
O caso foi registrado na 14ª Delegacia Seccional de Polícia de Monteiro e será investigado pela Polícia Civil. Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito havia sido identificado ou preso.
   (O PIPOCO)

Temer aciona tropas federais para proteger Planalto e ministérios, em Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou nesta quarta-feira (24) que o presidente Michel Temer decretou a “ação de garantia da lei e da ordem” e, com isso, tropas federais passarão a reforçar a segurança na região da Esplanada dos Ministérios.
O decreto assinado por Temer foi publicado em uma edição extra do “Diário Oficial da União” e prevê o emprego das Forças Armadas entre 24 e 31 de maio. A ordem é assinada pelo presidente, por Jungmann e pelo ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen.
Realizadas exclusivamente por ordem expressa da Presidência da República, as missões da GLO ocorrem nos casos em que há, segundo o Ministério da Defesa, “o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública, em graves situações de perturbação da ordem”.
Ainda de acordo com o ministério, nessas ações, as Forças Armadas “agem de forma episódica, em área restrita e por tempo limitado, com o objetivo de preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições”.
“O senhor presidente [Michel Temer] decretou, por solicitação do senhor presidente da Câmara, a ação de garantia da lei e da ordem e, nesse instante, tropas federais se encontram neste palácioi [do Planalto] no Palácio do Itamaraty e logo mais estarão chegando tropas para assegurar que os prédios dos minsitérios sejam mantidos incólumes”, anunciou o ministro da Defesa no pronunciamento desta quarta.
Raul Jungmann não respondeu a perguntas de jornalistas, mas acrescentou que a manifestação na Esplanada dos Ministérios estava prevista como pacífica, mas “degringolou na violência, no vandalismo, no desrespeito, na agressão ao patrimônio público e na ameaça às pessoas”.
Logo após o pronunciamento, o presidente da Câmara falou sobre o assunto, em plenário.
“Eu pedi o apoio das Forças Nacionais, sim. Agora, qual foi o instrumento que ele [Raul Jungmann] usou foi uma decisão do governo. Agora, de fato, o ambiente na Esplanada era grave e, para garantir a segurança tanto dos manifestantes quanto daqueles que trabalham na Esplanada e no Congresso, eu fui ao presidente que a Força Nacional pudesse colaborar neste momento junto com a Polícia do Distrito Federal”, disse Rodrigo Maia.
Mais cedo, durante a sessão da Câmara, já havia tido muita gritaria, troca de empurrões entre deputados e acusações entre parlamentares contra e a favor do governo Temer
Após o anúncio de Raul Jungmann, houve nova confusão entre os deputados, com mais empurra-empurra e gritaria.   (Cariri Ligado)

Zabelê - Secretaria de Assistência Social

A Secretaria de Assistência Social de Zabelê através do CRAS realizou uma palestra de informação e orientação sobre os serviços e benefícios previdenciários e assistencial com a Assistente Social do INSS Demétria Alessandra direcionada aos usuários dos serviços assistenciais e profissionais da rede.
Prefeitura Municipal - Zabelê Continuando no Rumo Certo!

terça-feira, 23 de maio de 2017

Deputado coleta assinaturas e anuncia CPI dos 'Codificados' do Governo do Estado

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, Tovar Correia Lima (PSDB), já coletou 10 assinaturas e anunciou, nesta terça-feira (23), que irá solicitar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar uma suposta lista de codificados da Secretaria de Saúde do Estado.
Codificado é uma nomenclatura utilizada para se referir a pessoas que recebem salários do Governo mediante apenas apresentação de CPF. “Vamos decodificar”, ironizou Tovar.
Na tribuna da Casa, Tovar já havia solicitado que a secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, fosse convocada para esclarecer possíveis irregularidades na suposta lista.
Conforme o líder da oposição, ainda devem assinar a CPI do Codificados os deputados João Henrique (DEM) e Ricardo Marcelo (PMDB). “Façamos essa discussão no plenário”, disse Tovar.
Ontem, a Secretaria de Saúde emitiu nota rechaçando a divulgação da lista e afirmando que ela não corresponde à base correta dos dados oficiais.   (Cariri Ligado)

Bandidos fecham cidade, explodem banco e fogem atirando no Sertão da Paraíba

Um banco foi atacado na madrugada desta terça-feira (23) na cidade de Desterro, no Sertão da Paraíba. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, vários assaltantes armados fecharam as entradas da cidade por volta das 3h. Uma parte do grupo foi até a agência bancária, instalou e acionou os explosivos em um caixa eletrônico.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, o banco atacado pelos criminosos é privado. Após explodir o caixa eletrônico, os assaltantes fugiram da cidade atirando para cima. Desde a notificação do crime, a polícia realiza buscas na região da cidade, mas até o início da manhã desta terça-feira, nenhum suspeito tinha sido localizado.
A Polícia Militar também não informou que se algum dinheiro foi levado pelos bandidos. Até o caso registrado em Desterro, um levantamento feito pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba apontava 26 casos de ataques a bancos registrados em 2017, 14 deles somente de explosões.   (O Pipoco)

DONA DO MAIOR CABARÉ DO PIAUÍ, E COM FILIAL EM FORTALEZA, BETH CUSCUZ REVELA: “VOU ASSUMIR O BRASIL. DE CABARÉ, EU ENTENDO”

Vi essa postagem no face e não há como segurar o riso. Aqui é prá rir, sim. Passado esse momento de descontração e a coisa ‘é prá chorar’, afinal quem mais perde com isso tudo somos nós: privados já do que nem temos: emprego e saúde e segurança… Voltemos ao cabaré. A palavra, em si, tomou (indevidamente) a acepção de ambiente desorganizado e sem dono. Todo mundo mandando e desmandando. Se Beth Cuscuz se expande, não é bem assim! Mas, e o Brasil, é ou não um cabaré? Beth Cuscuz assumindo nos desonraria tanto quanto nos têm desonrados nossos ‘honorabilis’ mandatários? Analisemos no sentido próprio, da carne — não a carne da JBS, que tem provocado um mal-estar na classe política. Disenteria geral, hein Temer?! Debrucemo-nos em alguns fatos: a orgia do dinheiro público. Alberto Yousseff (em delação) afirmou que dinheiro desviado da Petrobras foi usado para pagar serviços de prostituição com ‘famosas’ da tv. “Monik”, dispensa apresentação; já o “artigo 162”, planilha apreendida, se referia ao endereço de uma Cafetina conhecida como “Jô” (concorrente de Beth), que agenciava os programas para os dirigentes da Petrobras e políticos. Nenhum programa saía por menos de R$ 20 mil, eles (os políticos) que pagavam gozando e rindo da nossa cara. É cabaré, isso aqui? Dinheiro na cueca, lembram? Foi o que fez o assessor do deputado petista José Guimarães (CE), flagrado com US$ 100 mil quando viajava para o estado natal. Coitado do pinto (espremido)! Sei não, viu! Muito dinheiro! Acho que houve invasão de fronteira. “Quem quer dinheiro?!”, Sílvio Santos. É ou não, cabaré? E a senadora de olhos verdes, de cognome “Amante”? Uh, quão sugestivo para o assunto em pauta, não! Mas foi isso mesmo. Em delação — essa palavra pegou de um jeito, e logo vai entrar no Guinness Book como a palavra mais amada (ou não) dos brasileiros —, em delação dizia, o ex-vereador petista Alexandre Romano trouxe à tona seu casinho de amor com a senadora: “Era sexo selvagem. Ela me arranhava todo. Vinhos e champanhes finíssimos. Fizemos um tour pelo mundo, e nos melhores hotéis e resorts”. Sêmen, suor e risos. À custa de quem? Detalhe: o ex-vereador era muito ligado ao ‘sócio’. Não duvido que tenha rolado um “Ménage à trois”. E por que não? Enquanto isso, o contribuinte brasileiro (pagador da festinha) nem pode pensar em sair do convencional. É em casa mesmo! Finalmente, não podemos deixar de mencionar a figura do metrossexual Joesley Safadão: se deu bem à beça. Cabaré, sim, o Brasil! Vem, Beth Cuscuz, assume!
José Maria    (Agreste Violento)

MORRE O SERTANIENSE E ARTISTA ROBERTO ARAÚJO "ROBER'ARTES"

Sertânia amanheceu mais pobre culturalmente e em sua cidadania, faleceu o Sertaniense e artista Roberto Araujo, o nosso ROBER'ARTES.
ROBER'ARTES faleceu na cidade do Recife onde estava internado devido a um acidente automobilístico. 
Roberto com sua arte levou o nome de nossa cidade nos mais longínquos dos lugares, fez caricaturas de diversas personalidades pelo mundo afora. Era um exímio artista.
O Tribuna. Do Moxotó, entretecido pelo ocorrido, junta a família nesse momento de dor e saudade.   (Tribuna do Moxotó)

Governo RC contesta listão de codificados liberado pelo TCE para o Sindifisco

O Governo do Estado emitiu nota, na tarde desta segunda (dia 22), através da Secretaria de Saúde do Estado, contestando o chamado listão dos codificados, que foi liberado pelo Tribunal de Contas do Estado para o Sindifisco. Segundo o Governo RC, a relação do TCE “não corresponde à base correta dos dados oficiais” e tacha a veiculação de “exploração irresponsável”.
Diz ainda que o listão dos codificados corresponde “a novembro de 2015”, e que há várias “inconsistências”, como duplicação de valores referentes aos valores pagos, o que teria elevado “o total de pagamentos em mais de R$ 8 milhões”. O listão que foi liberado pelo TCE corresponde a uma folha de aproximadamente R$ 24 milhões, conforme divulgação do Sindifisco.
O fato chamou atenção na região do Cariri devido ao alto número de ‘codificados’ no Hospital Santa Filomena, em Monteiro, que totalizou 478 destes servidores. A unidade hospitalar de Monteiro ficou em terceiro lugar de maior número de codificados, de acordo com a lista divulgada pelo Sindifisco e amplamente divulgada pela imprensa paraibana.
CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA…
“A Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba vem a público rechaçar a exploração irresponsável de lista, recentemente divulgada, referente a funcionários – muitos deles efetivos – que prestaram ou prestam serviços nas unidades públicas geridas por esta pasta.
Divulgada sob interesses escusos, a lista referente ao mês de novembro de 2015, objetivamente, NÃO corresponde à base correta dos dados oficiais, conforme pode atestar o próprio Tribunal de Contas do Estado.
Entre as inconsistências, a duplicação dos valores referentes aos salários pagos, o que elevou, na lista divulgada, o total dos pagamentos em mais de R$ 8 milhões.
A Secretaria informa que irá adotar providências jurídicas contra os que, de maneira indevida, façam, doravante, o uso e exploração de má fé da lista. E lamenta que os interesses políticos patrocinem a manipulação de dados oficiais para fins suspeitos.”  (Cariri Ligado)

Prefeitura de Congo entrega de 60 pares de tênis para integrantes de projeto social

A Prefeitura de Congo, através da Secretaria de Ação Social, voltou a beneficiar dezenas de crianças que integram o SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). Na manhã da última sexta-feira (19/05), foram entregues 60 pares de tênis para as crianças e jovens que integram o projeto. O investimento do Governo Municipal é da ordem de R$ 3.300,00.
A ação visa contribuir com a melhoria das condições de prática esportiva e recreativa aos alunos do SCFV. A turma beneficiada é composta por crianças e adolescentes que tentam através da inclusão social e do esporte uma chance para melhorar de vida.
O SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos realiza atendimentos em grupo. São atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras, de acordo com a idade dos usuários. É uma forma de intervenção social planejada que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares. (Cariri em Ação)

Festa do Bode Rei lota hotéis e pousadas

A 12 dias da festa do Bode Rei pousadas e hotéis de Cabaceiras já estão lotados para o período do evento, com 379 leitos reservados. O festival de caprinovinocultura acontece de 2 a 4 de junho.
Nas três pousadas da cidade, que juntas oferecem 173 leitos, a ocupação é de 100%. Além delas, dois hotéis fazenda também estão com todos os leitos reservados.
Uma alternativa para quem deseja se hospedar na cidade durante os festejos é o aluguel de domicílios. Vários cabaceirenses oferecem suas casas para aluguel durante os três dias.
A Festa do Bode Rei também incrementa o turismo em municípios vizinhos, a exemplo de Boqueirão, que costuma hospedar quem participa do festivam.
Cabaceiras, que tem pouco mais de 5 mil habitantes, espera um público nove vezes maior que sua população e disponibiliza a quem chega uma festa genuinamente nordestina, fincada nas apresentações culturais.  (Cariri Ligado)

Janot volta a pedir a prisão preventiva de Aécio Neves

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, recorreu nesta segunda-feira e pediu ao relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, que reconsidere decisão tomada monocraticamente na semana passada e determine as prisões preventivas do senador Aécio Neves (PSDB-MG), e também do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). A solicitação de Janot foi feita por meio de agravo regimental. Assim, caso Fachin não volte atrás, o procurador quer que os pedidos de prisão sejam apreciados “com máxima urgência” pelo plenário do STF.
Aécio e Rocha Loures estão afastados de seus mandatos parlamentares por ordem de Fachin. Figuras centrais das delações premiadas dos executivos da JBS, o tucano e o peemedebista foram os principais alvos da Operação Patmos, deflagrada pela Polícia Federal na quinta-feira da semana passada.
Ao justificar os novos pedidos de prisão contra o peemedebista e o tucano, o procurador-geral da República acusou ambos de “uso espúrio do poder político” ao adotarem “estratégias de obstrução de investigações da ‘Operação Lava Jato’”. Em ambos os casos, Janot defende que os supostos crimes são cometidos em flagrante por crime inafiançável, única circunstância em que a Constituição permite a prisão de parlamentares no exercício do mandato.
No caso de Rocha Loures, o PGR afirma que isso se dá “especialmente em relação ao fato de que concorre para a compra do silêncio de Lúcio Bolonha Funaro e Eduardo Cunha”. Em relação a Aécio, a obstrução se daria “seja por meio de alterações legislativas para anistiar ilícitos ou restringir apurações, seja mediante interferência indevida nos trabalhos da Polícia Federal, seja através da criação de obstáculos a acordos de colaboração premiada relacionados ao caso”.   (Cariri Ligado)

Ministério Público Federal denuncia Lula no caso do sítio de Atibaia

A força-tarefa da Operação Lava Jato denunciou mais uma vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta segunda (22) –desta vez, sob acusação de corrupção e lavagem de dinheiro no sítio de Atibaia (SP).
Além de Lula, foram denunciadas outras 12 pessoas. Entre elas, estão os empresários Emílio e Marcelo Odebrecht, da empreiteira Odebrecht; Leo Pinheiro, da OAS; o pecuarista José Carlos Bumlai; e um dos proprietários do sítio, Fernando Bittar.
Segundo a denúncia, o ex-presidente se beneficiou de R$ 1,02 milhão em benfeitorias no sítio, que era frequentado pelo petista e seus familiares. As reformas teriam sido pagas pelas empreiteiras Odebrecht e OAS.
Para a Procuradoria, o sítio, que está em nome de Bittar e do empresário Jonas Suassuna, pertencia, na realidade, a Lula, “proprietário de fato” do local, e foi comprado em seu benefício.
“Foram colhidas variadas provas de que Lula (1) gerenciava o dia a dia do Sítio de Atibaia, sendo reportado de todas as questões atinentes a propriedade, (2) compareceu no local centenas de vezes, em conjunto com sua segurança institucional, exercendo a posse e propriedade do local, (3) mantinha no sítio de Atibaia uma variedade de itens de uso próprio e pessoal, inclusive ocupando a suíte principal da sede, (4) ao passo que, Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna raramente compareciam ao local e, de fato, não exerciam sequer a posse do imóvel”, diz trecho da denúncia.
Entre as provas mencionadas pelos procuradores, estão e-mails enviados a endereços do Instituto Lula que citam cardápios de almoço no sítio e viagens do petista a Atibaia. Um deles fala sobre uma jaguatirica que pode ter comido marrecos do sítio, “em resposta à pergunta do presidente”.
Também há orçamentos e notas fiscais de reformas e móveis comprados para o local, objetos de uso pessoal do casal Lula e Marisa Letícia encontrados no sítio, além de depoimentos de pessoas que viram o ex-presidente na propriedade, inclusive da mulher de Jonas Suassuna. Ela afirmou que a área foi comprada para ser utilizada exclusivamente por Lula.   (Cariri Ligado)

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Em nota, João Henrique esclarece notícia sobre doação da JBS

O deputado estadual João Henrique (DEM), emitiu nota na noite desta segunda-feira, 22, esclarecendo notícias veiculadas em sites do Estado.
LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:
O deputado estadual João Henrique (DEM) esclarece notícias veiculadas em alguns sites de notícias da Paraíba que, de forma indevida, citaram seu nome como um dos deputados que teriam recebido doações da JBS.
O irrisório valor de R$ 700,00 (setecentos reais), citado nas matérias, corresponde, na verdade, a uma mera doação não em dinheiro, mas de materiais de campanha, especificamente santinhos, que o Deputado Federal Wellington Roberto fez em decorrência da campanha “casada” feita com o deputado estadual João Henrique em alguns municípios paraibanos.
De fato, ambos os deputados, como é público e notório, fizeram campanhas conjuntas em alguns municípios da Paraíba, e o deputado Wellington Roberto confeccionou santinhos casados dos dois, os quais o deputado João Henrique, também para cumprir a legislação de regência, incluiu em sua prestação de contas como doação de material de campanha feita por Wellington Roberto, conforme comprovam os recibos em anexo.
O deputado João Henrique informa que jamais teve qualquer contato com os proprietários ou com representantes da empresa JBS; que jamais pediu ou recebeu qualquer tipo de doação dessa empresa; que apenas recebeu santinhos, num valor estimado de R$ 700,00 (setecentos reais), isso por parte do Deputado Wellington Roberto; e que todas as suas prestações de contas eleitorais foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.
Diante dos fatos acima citados e comprovados, o deputado João Henrique demonstra o equívoco da citação do seu nome. (Cariri Ligado)

Em Monteiro: Homem armado invade residência e rouba R$ 8 mil

Uma residência foi invadida e assaltada na última quinta-feira (18), por trás do Centro da Mulher em Monteiro.
De acordo com informações, um homem armado entrou na residência e anunciou o assalto. O meliante levou dois aparelhos celulares e R$ 8.000 mil (oito mil reais).
O caso foi registrado na 14ª Delegacia Seccional de Polícia Civil de Monteiro.    (O PIPOCO)

Quadrilha é presa suspeita de ataques a bancos na Paraíba e em mais três estados

Um detento da Penitenciária Padrão de Campina Grande é apontado pela Polícia Civil de Pernambuco como membro de uma quadrilha especializada em roubos a bancos e carros-fortes. O esquema foi desarticulado em operação deflagrada nesta segunda-feira (22).
Na Paraíba, a polícia pernambucana cumpriu mandados judiciais na cidade de Alcantil, Cariri do estado, a 149 km de João Pessoa. As atividades em Pernambuco aconteceram em Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Orobó, Bom Jardim e Palmares. A operação, intitulada Capitania, atingiu ainda os estados do Ceará e Alagoas.
Segundo as investigações, a quadrilha atuava no comando a ataques a instituições financeiras e carros-fortes. Pelo menos 13 suspeitos foram presos e com eles a polícia apreendeu armas e explosivos.
Os presos e materiais apreendidos serão levados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) em Recife, capital pernambucana.    (Correio da Paraíba)

Pastor da Igreja Assembleia de Madureira, sofre acidente de motocicleta na BR-412 em Monteiro

O Pastor da Igreja Assembleia de Madureira de Monteiro, sofreu um acidente automobilístico na tarde do ultimo sábado (20) na BR-412 em Monteiro.
De acordo com informações, o pastor estava em uma moto Twister 250, quando colidiu com uma moto Honda 150, na BR4-412, próximo a estrada que da acesso a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O conduto da moto 150 sofreu cortes na face e o pastor teve apenas escoriações.
Ambos foram socorridos pela equipe do Samu que esteve no local realizando os primeiros atendimentos e em seguida encaminhou as vitimas para o Hospital Regional de Monteiro. Não se sabe ao certo as causas do acidente.      (O PIPOCO)

Colisão entre duas motocicletas deixa quatro pessoas feridas em Monteiro

Mais um acidente de trânsito aconteceu no inicio da noite deste sábado (20) em Monteiro no cariri.
De acordo com informações de populares, as duas motocicletas colidiram frontalmente, em decorrência do acidente quatro pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança.
Uma equipe do Samu esteve no local realizando os primeiros atendimentos e em seguida encaminhou as vitimas para o Hospital Regional de Monteiro.
A colisão entre os veículos ocorreu próxima à entrada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).                    (O PIPOCO)

Acidente envolvendo caminhão pipa e moto deixa dois feridos no Cariri

Uma colisão entre uma motocicleta e um caminhão pipa deixou o saldo de duas pessoas feridas, sendo uma delas, em estado grave. O acidente aconteceu na noite deste domingo (21), na BR-412, entre os municípios de Monteiro e Sumé, mais precisamente, próximo à entrada que dá acesso a cidade de Prata.
Conforme informações apuradas pela reportagem, um casal de jovens irmãos trafegavam pela rodovia vindo de Sumé, quando se chocaram com um caminhão pipa.
O casal de irmãos foi socorrido por equipes do SAMU, sendo que a mulher sofreu ferimentos com maior gravidade, vindo a fraturar as duas pernas. Eles foram socorridos para o Hospital Regional de Monteiro, e transferidos para o Hospital de Trauma de Campina Grande.         (Com Paulo Viana) 

domingo, 21 de maio de 2017

Liberdade de Imprensa no Brasil General Newton Cruz

Chuva em Zabelê 21/05/2017


COLUNA CARIRI - POR GEORDIE FILHO

TREME, TEMER!
O homem da JSB, Joesley Batista, da marca Friboi, não teve pena de Michel Temer, atochou nele como faz a Véia de Cabaceiras em seus dias de aperreio, e depois pegou descendo para os Estados Unidos, de onde não arredou mais os pés até o dia de hoje. De besta parece que ele não tem é nada, pois por lá mora na avenida mais cara e badalada da terra do doido Donald Trump. Já Michel, o Temer, tremeu na base, mas não largou o ‘osso’ e decidiu continuar governando o país, mesmo aos trancos e barrancos, sem pena de nós mortais, os pobres brasileiros.
NO OSSO
Por falar em não largar o osso, alguns prefeitos do Cariri lamentam diuturnamente a crise financeira que, segundo eles, assola em seus municípios, mas como faz o Temer, não largam o osso. Pelo contrário, alugam carros de luxo para uso pessoal por valores exorbitantes, que somados ao ano dariam para comprar um novo, fazem contratos astronômicos para serviços não essenciais, diárias, gratificações, refeições nos mais caros restaurantes da Capital, dentre outros desmandos. O choro deles é grande, mas nenhum destes que vivem a lamentar larga o osso.
MARCHA PREFEITO
Um velho ditado não morre, e eis o que talvez jamais morrerá: “quem não chora não mama”. Foi com este ditado que prefeitos lotaram os corredores do Congresso Nacional ao longo desta semana, para cobrar dias melhores para seus municípios aos deputados, senadores e principalmente ao presidente Michel Temer, que é quem de fato bate a mão na mesa. O Cariri marcou presença em peso.
VELOZES E FURIOSOS
O título da nota pode até ser sarcástico, mas a Rua José Geovane e Silva, em Monteiro, fica localizada nas imediações do Bar Parada Obrigatória (bar da viúva) e Bar de Zé Vaqueiro, ambos por trás da casa do ex-prefeito Antônio Nunes. Parece algo normal, mas a rua trafegam muitos motoristas e motociclistas imprudentes, principalmente os alcoolizados que saem dos estabelecimentos. Por isso mesmo, os moradores da localidade estão fazendo um ‘abaixo-assinado’ para implantação de quebra-molas para evitar acidentes principalmente entre crianças e idosos. Como o vereador Cajó Menezes abraçou a causa, os moradores estão confiantes da solução do pleito.
CHEGOU O SÃO JOÃO
Se alguém duvida que o clima de São João chegou ao Cariri, veja a foto acima. O tampa e leitor João Paulo enviou a imagem do início das vendas de fogos artifícios na maior cidade da região, Monteiro. É o primeiro sinal de que o clima junino chegou, com venda dos famosos ‘peido de véia’, ‘buscapé’, ‘palitim’, ‘bujão’, ‘traque’, ‘chuvinha’, ‘vulcão’, ’12 tiros’, ‘cobrinha’ e até o famoso ‘bombril’.
UM HOMEM DO BEM
O Cariri tem muitos homens de bem, mas um deles se destaca, Chico Mariano, vice-prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro. O homem, que em comentários gerais, só não é mais perfeito porque é justo com o correto, tem trânsito livre em todas as esferas institucionais, seja municipal, estadual ou federal. Estava ele em Zabelê, na Festa do Jegue, quando chega Cássio Cunha Lima, o avista de longe e parte para o abraço. A foto foi um registro feito pelo editor da coluna.
EM ZABELÊ
O jovem Dalyson Neves abraçou a Festa do Jegue de Zabelê com vontade e fez um belo evento, digno de aplausos. Acompanhado dos ex-prefeitos Lucivaldo Vaz e Íris Henrique, prestigiou todas as noites de shows, bem como a disputa entre os jegues na avenida principal da cidade. Consolida a continuação do governo Íris e Lucivaldo. Marcamos presença por lá e constatamos o fato.
PICADINHAS…
Programação do São João de Monteiro sai nesta quinta-feira (25). Soube que Figo vai até comprar um sapato novo para arrastar o pé até o dia amanhecer.
É mais fácil Galvão não narrar uma final da Copa do Mundo, que Walter Farias Júnior não bater o ponto em Zé Vaqueiro. Ele e João Paulo Kibas.
Paulo Almeida, o Cabeção, começou a engarrafar água do Rio São Francisco. Quem quiser comprar é só ir na Casa Progresso, em Monteiro.
Vavá da Luz vai lançar o Ingá Fest, com direito a desfile da Miss Ingá e tudo mais. Escalou Tião Lucena, Fred Meneses e Fernando Caldeira para jurados. Digo é nada!
Por falar em Tião, o homi tá na comunicação do Estado, fazendo o que mais sabe, e bem feito.
Júnior Nóbrega passou por cirurgia, tá ficando zero bala e quase pronto para aproveitar o São Joao de Prata e, em breve, voltar a administrar o município.
Sandro Môco, com a simplicidade que tem, nem parece ser prefeito. Quem conhece o homem sabe disso e tira o chapéu.
Efigênio Moura manda avisar que tem livro novo saindo do forno.
Informações dão conta de que o chifre voltou a comer no centro em Amparo. Os ‘pés de pano’ estão virados num din-din.
Fábio Brito botando pra torar no seu jornal ao vivo via Facebook.
Dr. Neto, de Sumé esquece de tomar café da manhã, mas não passa batido sem acessar o queridinho da região.
Zé e Michel, os Silvestres, mandaram comprar uma viola nova para José Levino arrepiar o São João de Monteiro.
Governo na mão é quase tão forte que um rio cheio e dinheiro na mão, não tem quem segure.
Aquele abraço para o mestre da imprensa do Cariri, indiscutível, que continua sendo Simorion Matos. O homi é bom.
Dizem que o mal do século é aquela doença, mas penso que seja a política. A danada acaba com quase tudo, saúde, honestidade e até amizade. Quem tiver pena de si, não entre.
Dia de segunda-feira o lixo mais coletado às margens do Rio Paraíba, onde chega a transposição em Monteiro, é preservativo. Ô povo danado!
Alguém ainda escuta falar nas reformas de Temer, a da Previdência e a Trabalhista? Como diz Fabiano Gomes, meu nome é xau!        (Cariri Ligado)

Quem viu vai ver de novo e quem não viu vai ver agora: 'O batizado de Badalo'

sábado, 20 de maio de 2017

11°BPM REALIZA OPERAÇÃO NÔMADE NA REGIÃO DO CARIRI

Na noite desta sexta-feira (19), policiais militares do 11°BPM sob o comando do Tenente Coronel Simão, Comandante da Unidade, desencadearam a Operação Cidade Nômade, com o objetivo de promover mais segurança nos locais de maior incidência criminal.
A ação contou a participação de 26 policiais militares que realizaram rondas e abordagens nos municípios do Cariri Ocidental.
Segundo o Tenente Coronel Simão, ação é decorrente do planejamento estratégico elaborado pelo Comandante Geral da PM em consonância com o CPR-1. “Visamos com essas ações reduzir ao máximo os índices de criminalidade da nossa região, atuando com firmeza nos locais mais críticos”, ressaltou o Oficial. Ainda segundo o Comandante, outras operações serão desencadeadas ao longo dos finais de semana em toda região.
P/5 _ 11ª BPM

sexta-feira, 19 de maio de 2017

URGENTE: Perito diz que áudio de Joesley sofreu 50 edições. Vixe…

Agora a coisa começa a feder de vez.
A Folha contratou uma perícia que concluiu que a gravação da conversa entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer sofreu mais de 50 edições. O laudo foi feito por Ricardo Caires dos Santos, perito judicial pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
Ele informa que o áudio divulgado pela Procuradoria-Geral da República tem indícios claros de manipulação, mas “não dá para falar com que propósito”. Diz ainda que a gravação divulgada tem “vícios, processualmente falando”, o que a invalidaria como prova jurídica.
“É como um documento impresso que tem uma rasura ou uma parte adulterada. O conjunto pode até fazer sentido, mas ele facilmente seria rejeitado como prova”, disse Santos.
A Procuradoria disse ao jornal que a gravação divulgada é “exatamente a entregue pelo colaborador e sua autenticidade poderá ser verificada no processo”.
“Foi feita uma avaliação técnica da gravação que concluiu que o áudio revela uma conversa lógica e coerente”, declarou a Procuradoria na noite desta sexta (19).
A gravação não passou pela Polícia Federal, que só entrou no caso no dia 10 de abril. O áudio, feito pelo empresário na noite de 7 de março, foi entregue diretamente à PGR e é anterior à fase das ações controladas.
Num dos trechos editados, o empresário pergunta ao peemedebista sobre sua relação naquele momento com o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso pela Lava Jato. As duas respostas de Temer sofreram cortes.
O trecho na gravação divulgada permite o seguinte entendimento:
“Tá.. Ele veio [corte] tá esperando [corte] dar ouvido à defesa.. O Moro indeferiu 21 perguntas dele… que não tem nada a ver com a defesa dele”
“Era pra me trucar, eu não fiz nada [corte]… No Supremo Tribunal totalidade só um ou dois [corte]… aí, rapaz mas temos [corte] 11 ministros”
Em depoimento posterior à PGR, Joesley afirmou que nesse momento o presidente dizia ter influência sobre ministros do STF.
“Ele me fez um comentário curioso que foi o seguinte: ‘Eduardo quer que eu ajude ele no Supremo, poxa. Eu posso ajudar com um ou dois, com 11 não dá’. Também fiquei calado, ouvindo. Não sei como o presidente poderia ajudá-lo”, afirmou.
Em outro trecho cortado, o empresário, enquanto explica a Temer que “deu conta” de um juiz, um juiz substituto e um procurador da República, declara: “…eu consegui [corte] me ajude dentro da força-tarefa, que tá”.
O perito afirma que “percebem-se mais de 40 interrupções, mas não dá para saber o que as provoca. Pode ser um defeito do gravador, pode ser edição, não dá para saber.”
Para o perito judicial Ricardo Caires dos Santos, não há hipótese de defeito. Procurada para comentar o assunto, a assessoria da JBS disse que a empresa não vai comentar.

BOMBA!: Lista de 'codificados' do Hospital Santa Filomena de Monteiro chama atenção e repercute na Paraíba

Saiu nesta sexta-feira (19), a lista de todos os funcionários codificados do Governo do Estado da Paraíba, incluindo os do Hospital Santa Filomena, em Monteiro, onde a quantidade destes contratados é de fazer inveja a qualquer unidade hospitalar do país. São nada mais, nada menos, que exatos 478 codificados em Monteiro, conforme a lista divulgada que inclui valores. Veja a lista completa no fim desta matéria.
A quantidade destes codificados da cidade de Monteiro chega a ultrapassar grandes hospitais, como por exemplo o de Cajazeiras (364 codificados), Princesa Isabel (192 codificados) e outros.
De acordo com o site Paraíba Rádio Blog, que divulgou a lista não só de Monteiro, mas de toda a Paraíba, o Governo do Estado dificulta o acesso da população e dos órgãos de controle aos números do executivo. “Há anos, por exemplo, uma pergunta feita por todos e nunca respondida: Codificados, quem são, quanto ganham e o que fazem?”, destaca.
A promoção da transparência e o acesso à informação deveriam ser as principais medidas a serem implantadas por governos comprometidos com o combate à corrupção, que deve ser realizado de forma sistemática, efetiva e determinante. Atualmente, de acordo com a Controladoria Geral da União, a PARAÍBA É O QUARTO PIOR ESTADO BRASILEIRO no ranking da transparência pública.
Os dados disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado ao Sindifisco-PB revelam números alarmantes a respeito dos servidores codificados do Governo do Estado. Até novembro de 2015, informação mais recente disponibilizada pelo TCE, exatos 8587 servidores codificados custavam mensalmente aos cofres públicos quase R$ 24 milhões. Os recordistas em contratações são o Hospital de Trauma de Campina Grande (740 codificados), Complexo de Pediatria Arlinda Marques, em João Pessoa (490 codificados), Hospital e Maternidade Santa Filomena, em Monteiro (478 codificados), Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa (451 codificados), além do Hospital Regional Deputado Janduhy Carneiro (404 codificados) e Hospital Infantil Doutor Noaldo Leite (312 codificados), ambos localizados no município de Patos.
São exatos 8585 servidores codificados que juntos custam aos cofres do Estado exator R$ 23.855.133,07. Do total 128 recebem salários de até R$ 23,5 mil, outros 108 recebem salários de até R$ 20 mil, e mais 189 codificados com salários de até R$ 15 mil.
CLIQUE AQUI e confira a lista completa
Com Paraíba Rádio Blog

Delator da JBS relata R$ 8 milhões para Vital; ex-senador nega

Em delação premiada, Ricardo Saud, ex-diretor de Relações Institucionais da J&F relatou o pagamento de cerca de R$ 8 milhões para o ministro do Tribunal de Contas da União, o paraibano Vital do Rêgo, quando senador da República.
Conforme o delator, um grupo de senadores do PMDB teria ameaçado apoiar a candidatura de Aécio Neves, entre eles estaria Vital do Rêgo. Para estancar a rebelião no grupo, o PT teria determinado o pagamento da propina.
O delator disse que o pedido de pagamento foi feito pelo ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, a Joesley Batista, um dos donos da JBS, que estão transmitiu a ordem a ele.
A intenção era garantir o apoio de todo o PMDB à reeleição de Dilma Rousseff nas eleições de 2014.
De acordo com Saud, que assinou acordo de delação premiada, receberam o dinheiro os senadores Eduardo Braga (AM), Jader Barbalho (PA), Eunício Oliveira (CE, presidente do Senado), Renan Calheiros (AL), além do ex-senador Vital do Rego.
Segundo Saud, o dinheiro saiu de uma cota de R$ 300 milhões que a JBS havia disponibilizado ao PT para serem gastos na campanha de 2014.
EX-SENADOR E MINISTRO DO TCU NEGA
Em nota através de sua assessoria, Vital do Rêgo não negou que tinha recebido dinheiro do Grupo JBS, mas que foram “doações legais”. Vital também diz que está disponível para colaborar com as autoridades.
“Em 2014, quando disputou o governo da Paraíba, Vital do Rêgo recebeu doações legais do Grupo JBS. Elas estão na prestação de contas já analisada e aprovada pela Justiça. O ministro Vital desconhece os fatos narrados pelo delator e está à disposição das autoridades para os esclarecimentos necessários”. (Cariri Ligado)